Para ser um Bodybuilding de sucesso

 


Você já se viu em pé, olhando no espelho, flexionando seus poderosos braços e… nada acontece ? Você vai para a academia, treina pesado, mas a fita métrica e o espelho contam sempre a mesma velha história, independente dos seus esforços. Mas não desanime – algumas pessoas não são abençoadas geneticamente com braços monstros, mas há muita coisa que você pode fazer pro vento começar a soprar pro seu lado. Aqui estão 10 passos para você conseguir os seus tão desejados braços. As primeiras cinco dicas são de como treinar e as outras cincos são sobre assuntos secundários de interesse critico para ser um Bodybuilding de sucesso.

1. Sobre a Anatomia Observando os seus braços a primeira coisa a notar é o seu bom e velho Bíceps. Há uma razão para isso, pois o bíceps esta entre o músculo mais visível do nosso corpo (flexionar o bíceps é, afinal de contas, a pose mais clássica do fisiculturismo). Porem, observando o corte transversal de seu braço logo você percebera que a verdadeira estrela é o Tríceps. Na verdade o tríceps ocupa nada mais nada menos, que 2/3 de seu braço enquanto o bíceps e o brachialis (pequeno ajudante do bíceps) ocupam 1/3 de seu braço. Agora vemos porque pegamos pesado com o bíceps e deixamos o tríceps de lado. Mas se você quiser aumentar seus braços trate de dar o mesmo tratamento hardcore para seus tríceps. 2. Treine pesado, mas treine rápido. O ponto chave em erguer peso é ativar a hipertrofia. Qualquer outra coisa, na melhor das hipóteses, é manutenção, e na pior, desperdício de tempo. Pra começo de conversa, primeiro você tem que sair da sua zona de conforto. Para conseguir isso você tem que erguer mais peso e/ou fazer mais repetições do que de costume. Você deve fazer isso porque alem de estimular as fibras de rápida-contração, também vai estimular suas fibras de lenta-contração. Alguns músculos têm uma grande quantidade de fibras de lenta-contração e podem se beneficiar com mais repetições e pouca carga. Bíceps e Tríceps não estão entre eles. Para melhorar os resultados nesses dois músculos focalize, principalmente, em um treino bastante pesado e mantendo entre 6-8 repetições, com apenas algumas semanas de treino você notara muita diferença. Por ser músculos tão explosivos, eles também se cansam rápido. Ficar por horas fazendo Rosca Direta para bíceps pode ser bastante improdutivo, enquanto ficar alguns minutos no mesmo exercício espremendo todo o ácido lático para fora dos músculos pode ser muito vantajoso.

3. Confunda as Coisas Fazer sempre os mesmos exercícios com os mesmos pesos não ira levar seus músculos para fora da zona de conforto. Então adivinhe – Faça mudanças em seu treino constantemente. Troque a ordem de seus exercícios às vezes, substituído cabo por peso livre e vice-versa, ou melhor – por que não fazer uma serie diferente usando metade do peso que você usa porem fazendo 50 repetições? Na verdade há muitas variações de rosca para bíceps que você pode fazer. Isso porque existe uma variedade de barras diferentes que você pode usar, existem barras retas com meia-dúzia de ângulos e variações diferentes e até a barra W. Há também maquinas que você pode usar que fornecem variações diferentes para se trabalhar o mesmo músculo. Com um pouco de imaginação você pode encontrar muitas formas de executar o mesmo exercício usando os cabos.

4. Focalize Partes Especificas de Cada Músculo Como insinua o nome, bíceps e tríceps consistem em partes diferentes, respectivamente. Para maximizar o desenvolvimento você deve fazer um treino especifico para cada um deles. Se você treina sério, volte para a parte de anatomia e use o seu raciocínio dedutivo baseado em biomecânica e junte isso com a experiência pratica para aprender o jeito certo de estimular cada parte.

5. Usando Técnicas de Intensidade de Estimulo – Sabiamente. Como mencionado no segundo passo, a intensidade é a chave mágica para o crescimento. Um modo de acelerar seu potencial de crescimento é ocasionar um estimulo de intensidade. Isso inclui repetições forçadas, reps parciais, fase negativa e drops-sets. Repetições Forçadas: Windows Media Player (376 KB) Real Player (512 KB) Mpeg (1.1 MB) Repetições Parciais: Windows Media Player (267 KB) Real Player (353 KB) Mpeg (762 KB) Treino Negativo: Windows Media Player (400 KB) Real Player (550 KB) Mpeg (1.19 MB) Drop-Sets: Windows Media Player (376 KB) Real Player (512 KB) Mpeg (1.1MB) Veja bem: Como já foi dito, você precisa ir alem dos seus músculos e seu sistema nervoso, ultrapassando assim as limitações naturais de seu corpo. Mas tenha cuidado, pois isso poderá levar você a ter varias lesões. O maior risco, porém, não é necessariamente um tendão ou ligamento estirado. Se você seguir constantemente as dicas acima você poderá entrar em Overtrainig. Em poucas palavras, esse é o estado onde você causa mais danos ao seu corpo do que ele é capaz de recuperar – você estará andando como em “um passo pra frente” e “dois pra trás” com seu treinamento. Limite seu treino de braços a uma ou duas vezes por semana, no maximo.

6. Descanse bastante Isso corresponde ao overtraining – seu corpo deve ter tempo suficiente para descansar e poder se recuperar do treino e assim poder construir mais músculos. O modo mais fácil para resolver esse problema é simples: tenha uma boa noite de sono! A quantidade correta de horas de sono pode ser diferente de pessoa pra pessoa, porem 8 horas de sono já é um bom começo, mas nove ou mais horas pode lhe trazer alguns bons benefícios. Um cochilo de meio-dia é um bom modo de recarregar as baterias. Procure cochilar no seu horário de folga, se for possível, meia-hora de sono já pode lhe fazer muito bem. Mas porque dormir é tão benéfico? Não só descansa a sua mente, mas também, enquanto você dorme, o hormônio do crescimento (GH) é liberado naturalmente. Levando isso em consideração, faz muito sentido deixar seu corpo descansar o tempo suficiente para poder se recuperar do treino pesado. Isso ira lhe trazer mais massa muscular.

7. Coma Bastante A base do crescimento é simples: consuma mais calorias do que você gasta. Se você come somente para “se manter”, de onde vira o peso extra que você deseja? Pense nisto. Porem comer demais não lhe trará somente músculos. Na verdade se você ultrapassar das 500kcal a mais do que você precisa você vai acabar ganhando gordura. Isso varia de tamanho, idade, dieta e diversos outros fatores, mas o segredo é comer constantemente um pouco mais do que você queima diariamente. Fale com um nutricionista ou algum profissional competente da área para lhe ajudar a personalizar sua dieta.

8. Uso de Suplementos Comer muitas calorias é importante, mas a maioria de nós podemos nos beneficiar de uma ajudinha extra. Proteína é importante, se dieta tem deficiência de proteína você pode suplementar com Whey Protein, por exemplo. A Creatina também é uma boa escolha para suplementação, pois ela lhe ajudara com ganhos de força.

9. Alongamento Alongamentos ajudam a diminuir as dores e a prevenir lesões. Com essa pratica você ira fazer circular mais sangue e levar mais nutrientes para dentro do músculo, e assim sua recuperação será mais rápida. Alongar também previne atrofia dos músculos, que pode lhe trazer problemas ao longo de sua vida. Outro beneficio de se alongar, é que as fibras dos músculos podem ser ampliadas. Se você usar uma camisa menor do que seu numero normal, seus movimentos ficarão limitados – o mesmo acontece com os músculos, se não tiver para onde ir eles continuaram pequenos.

10. Emagreça Finalmente, uma razão de seus braços não parecerem grandes é que você tem uma camada de gordura cobrindo eles. Não cometa esse erro; este detalhe aparentemente pequeno pode fazer toda a diferença do mundo. Se sua fita métrica mostrar algum progresso no tamanho dos braços, mas o espelho disser o contrario, é porque você só ganhou gordura, porem uns kilinhos a menos resolve esse problema. Procure fazer um teste para saber seu percentual de gordura (algumas academias oferecem isso).

Physicus Marcas: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: